Mercado do boi gordo segue pressionado pela demanda fraca

Publicado em 14/06/2011 16:53 825 exibições

Hyberville Paulo D´Athayde Neto

médico veterinário

 

Mercado do boi gordo pressionado pela demanda fraca.

 

Por outro lado, a oferta não é a mesma observada há algumas semanas, mas tem sido suficiente para manter as escalas ao redor de 3 a 4 dias e permitir que os frigoríficos mantenham pressão de baixa.

 

Em São Paulo houve recuo no preço referência do boi gordo, que está cotado em R$95,50/@, à vista, livre de imposto. As negociações a prazo ocorrem em R$97,00/@, livre de funrural.

 

A cotação em São Paulo é 4,5% menor que há 30 dias. Comparando com a maior referência no primeiro semestre, R$103,50/@, à vista, livre de imposto, o recuo é de 7,7%.

 

No Sul de Goiás, frigoríficos precisaram pagar mais para manterem as compras. O preço referência está em R$87,00/@, à vista, livre de imposto.

 

Houve recuo no Norte do Mato Grosso. Os negócios com o boi gordo ocorrem por R$85,00/@, nas mesmas condições.

 

No mercado atacadista de carne com osso a semana começou com vendas em ritmo lento. Os preços se mantiveram.

 

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário