Na Bolsa Brasileira, cotações futuras do boi gordo finalizam a sessão desta 2ª feira com ganhos

Publicado em 28/10/2019 16:56
204 exibições

LOGO nalogo

Os preços futuros para o boi gordo finalizaram a sessão desta segunda-feira (28) com ligeiras valorizações na Bolsa Brasileira (B3). O contrato outubro/19 terminou cotado a R$ 167,10/@ e com um avanço de 0,42%, enquanto, o novembro/19 registrou alta de 0,40% e cotado a R$ 174,15/@. O Dezembro/19 teve um ganho de 0,65% e está cotado a R$ 177,00/@.

O mercado físico do boi gordo abriu a semana com baixa liquidez, seguindo a característica típica de uma segunda-feira, quando a maior parte das indústrias frigorificas opta por avaliar o resultado das vendas de carne do último final de semana antes de se reposicionarem nas compras de gado, destacou a Informa Economics FNP.

A Radar Investimentos informou em seu boletim matinal que parte da indústria ainda precisa completar as operações da próxima segunda-feira (4/11) e o apetite do exportador segue ávido. Já o mercado atacadista registrou alguma dificuldade de repassar à alta nos últimos dias. 

Leia:

>> Boi: Preços de balcão fecharam a semana anterior em alta em SP, por Radar Investimentos

Em seu acompanhamento de mercado diário, a XP Investimentos reforçou que a proximidade com o início de novembro favorece também o mercado interno, com a entrada de salários. O mercado local absorve cerca 70% da produção nacional e, apesar de ter apresentado um desempenho abaixo das exportações, tem sido importante para garantir boa margem de lucro para as indústrias.

“O boi casado de animais castrados tem média de R$ 11,03/kg no atacado paulista, avanço de R$ 0,03/kg. Pelo levantamento interno, as programações atendem 6,3 dias úteis para as grandes indústrias e 5,1 dias para as pequenas e médias”, informou a XP Investimentos.

Em entrevista ao Notícias Agrícolas nesta segunda-feira, o Diretor da Acrimat, Marcos Jacinto, destacou que a demanda aquecida da china vai acelerar o processo de ganho eficiência na produção de carne. “Esse animal está dando sustentabilidade financeira aos produtores com este ganho de eficiência e a nossa expectativa é que os pecuaristas consigam investir no aumento de produção nos próximos anos”, comenta.

Assista

>> Demanda aquecida pelo boi China deve acelerar processo de ganho de eficiência nas propriedades pecuárias do Brasil, diz Acrimat

No aplicativo AgroBrazil, foram informados negócios no município de Iacanga/Sp de R$ 175,00/@, à vista para o boi gordo com destino a china, com data para o abate programada para 07 de novembro. Em Morro Agudo/SP, foram registrados preços para o boi gordo com padrão exportação ao redor de R$ 173,00/@, à vista com data para o abate programado para o dia 07 de novembro.

No caso dos animais voltados para o mercado interno foram relatas as referências de R$ 163,00/@, à vista na região de Paranaíba/MS. Na região de Alexânia/GO, houve negócios de R$ 158,00/@, à vista com a data para abater no dia 02 de novembro.

Para saber mais detalhes, confira o aplicativo AgroBrazil AQUI

Segundo os dados da Scot Consultoria, a cotação do boi gordo subiu em 18 das 32 praças pesquisadas. O destaque ficou no estado do Acre em que o preço do boi subiu 3% na comparação com o fechamento da última semana e está cotado a R$ R$138,00/@, à vista, livre de Funrural.  

No município de Marabá/PA, a cotação do boi gordo terminado subiu 0,6% na comparação dia a dia. “Desde o início do mês, o preço subiu 7,4% e há negócios sendo efetivados acima da referência. Na região, o boi está cotado em R$159,50/@, à vista, livre de Funrural”, destacou a Scot.

Confira: 

>> Tendência é de que o mercado siga com viés de alta, por Scot Consultoria

Confira como ficaram as cotações para o Boi Gordo nesta segunda-feira:

>> BOI

Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário