Boi: Com ritmo lento do consumo interno, frigoríficos seguem afastados das compras

Publicado em 16/01/2020 16:57
235 exibições

Os preços da carne no atacado e o lento escoamento estão mantendo a grande maioria das indústrias frigoríficas afastadas das compras de gado, numa tentativa de efetivar novos negócios a valores menores. A Informa Economics FNP, está ocorrendo à renegociação de alguns contratos com a China também trouxe preocupação aos demandantes.

Em seu boletim matinal, a Radar Investimentos destacou que há dois pontos que chamam a atenção dos participantes. “O primeiro é o alinhamento da indústria em fazer ofertas de balcão ao redor de R$190,00-R$192,00/@, à vista, em SP. O segundo é a média das programações de abate em 2,38x dias úteis, um dos menores níveis dos últimos meses”, apontou.

O analista de mercado da Scot Consultoria, Felippe Reis, ressaltou que a capacidade de suporte das pastagens estão melhores e o volume de boiadas de pastos deve aumentar daqui pra frente para as próximas semanas, na qual isso deve manter os preços menores até final de janeiro. “No fechamento de hoje, os preços para o boi gordo em São Paulo estão ao redor de R$ 192,00/@, à vista e livre de impostos”, comentou em Entrevista ao Notícias Agrícolas.

Assista:

>> Volume pouco maior de animais e demanda fraca no mercado interno justificam pressão negativa na arroba do boi

No aplicativo AgroBrazil, foi informado negócios em Nova Mutum/MT para o animal com premiação foi de R$ 184,000/@, à prazo com trinta dias para pagar e com data para o abate em 22 de janeiro. No Município de Adolfo/SP, o boi gordo foi comercializado a R$ 190,00/@, à prazo com vinte dias para pagar e com data para o abate em 27 de janeiro.

Na região de Anaurilândia/MS, a arroba foi negociada a R$ 180,00, à vista e com data para o abate em 22 de janeiro. Em Sidrolândia/MS, o animal com premiação foi negociado em R$ 183,00/@, à vista e com data para o abate em 23 de janeiro.

Com relação a carne no atacado, o aplicativo da AgroBrazil informou que os preços do boi casado em São Paulo registraram queda de R$ 0,75/kg e está precificado a R$ 12,00/kg. No caso da vaca, as referências tiveram um recuo de R$ 0,65/kg  e está cotado a R$ 11,15/kg.

B3

No mercado futuro, os preços para o boi gordo finalizaram a quinta-feira (16) com desvalorizações na Bolsa Brasileira (B3). O vencimento Janeiro/20 terminou o dia cotado a R$ 187,50/@ e com um recuo de 1,06%. O Fevereiro/20 registrou uma queda de 1,22% e está precificado a R$ 186,00/@ e o Março/20 encerrou negociado a R$ 186,00/@ e com uma perda de 0,85%.

Confira como ficaram as cotações para o Boi Gordo nesta quinta-feira:

>> BOI

Tags:
Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário