Preço do boi China está se consolidando em R$ 230,00/@ em S. Paulo

Publicado em 29/07/2020 17:08 679 exibições
Algumas praças registraram valorizações na arroba, o que promoveu um certo ganho de liquidez no mercado

LOGO nalogo

Novos negócios para o Boi China estão sendo efetivados no patamar de R$ 230,00/@ nas praças paulistas, conforme divulgou o aplicativo da Agrobrazil. Na localidade de Sales/SP e Sud Mennucci/SP, o valor negociado para o animal com padrão exportação está em R$ 230,00/@, à vista e com data para o abate entre 03 e 04 de agosto.

>> Ágio pago pelo boi china pode acabar se queda do dólar reduzir a competitividade da carne brasileira, diz consultor

Os participantes do aplicativo informaram novos patamares de preços em Frutal/MG de R$ 225,00/@, à vista e com data para o abate em 29 de julho. Já em Urucuia/MG, o boi China foi comercializado a R$ 230,00/@, à prazo com trinta dias para pagar e abate de 03 de agosto.

A Informa Economics FNP destacou que os preços da boiada gorda continuaram firmes nas principais regiões pecuárias do Brasil. “Algumas praças registraram valorizações na arroba, o que promoveu um certo ganho de liquidez no mercado. Os movimentos de alta refletem a falta de gado terminado neste momento do setor, cenário que já dura desde meados do mês de maio e que se agravou com o avanço da entressafra”, reportou em seu boletim.

Já a Consultoria Agrifatto reportou que finalizou a safra de boi de pasto e também tem falta boiada de cocho, ou seja, os preços devem continuar caminhando com firmeza. “Os preços do boi gordo avançam pelo interior do país com oferta de gado restrita, negócios acima de R$ 215,00 já são vistos no centro-oeste brasileiro”, ressaltou.

Em seu acompanhamento diário de mercado a Radar Investimentos reportou que as tentativas de compra de boiadas em São Paulo mostraram reação durante o início desta semana. “Os negócios acima de R$225,00/@, à vista, no estado estão mais comuns para cumprir as escalas de abate apertadas. Além disto, os abates enxutos conferem firmeza para o preço da carne nesta virada de mês”, comentou.

Mercado futuro

No caso do mercado futuro, os preços do boi gordo terminaram o dia em campo misto na Bolsa Brasileira (B3). Os principais vencimentos finalizaram a sessão com perdas de 0,78% a 0,96%, apenas o Julho/20 terminou com um ganho de 0,18% e está cotado a R$ 223,95,00/@.

Já o vencimento Agosto/20 registrou uma baixa de 0,82% e está precificado a R$ 223,60/@, enquanto, o Setembro/20 teve uma desvalorização de 0,78% e foi negociado a R$ 222,00/@. O vencimento Outubro/20 está cotado a R$ 221,85/@ e teve uma queda de 0,96%.

No fechamento desta terça-feira (28), o indicador Cepea/B3 registrou uma valorização de 3,07% e está precificado a R$ 226,40/@, novo patamar recorde para o indicador em 2020. De acordo com as análises da Farm News, os preços do mercado físico seguem quebrando recorde e puxando o movimento de alta do mercado futuro do boi gordo.

Confira como ficaram as cotações para o Boi Gordo nesta quarta-feira:

>> BOI

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário