Café: negócios começam com realização de lucros em NY, mas incertezas sobre a oferta continuam

Publicado em 26/02/2014 09:12 e atualizado em 26/02/2014 12:33 821 exibições

As cotações do café arábica  na bolsa de Nova Iorque registram queda nesta quarta-feira (26) e dão sequência ao movimento de realização de lucros iniciado ontem. Por volta das 12h30 (Brasília) os contratos com vencimento em maio/2014 operavam a 171,90 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 375 pontos em relação ao fechamento anterior. Setembro trabalhava com recuo de 310 pontos cotado a 176,95 centavos de dólar por libra-peso.

 Na sessão anterior, o café arábica fechou em posição mista na Bolsa de Nova Iorque. A notícia da suspensão temporária dos subsídios do governo colombiano para os cafeicultores teria colaborado para a queda das cotações no início do pregão. Os preços se recuperaram no meio do dia e depois voltaram a cair, devido a um movimento de realização de lucros. 

O contrato para entrega em maio, registrou máximas de 181,25 centavos de dólar por libra peso e mínimas de 172,75, resultando em uma variação de 850 pontos ao longo do pregão e mostrando que as incertezas em relação à produção brasileira, mesmo com a volta das chuvas em algumas regiões produtoras nos próximos dias, devem deixar o mercado ainda bastante volátil.    

No mercado físico, o café tipo 6, bebida dura, em Guaxupé-MG fechou em R$ 403 a saca, sem variação. Em Espírito Santo do Pinhal-SP, o fechamento foi de R$ 410, com alta de 2,5%.  Em Maringá-PR, a saca de 60kg fechou em R$ 355, com alta de 2,9%. 

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário