Tempo: Frente fria chega ao Sul com alerta de tempestade no RS nesta 5ª; sistema avança rápido, mas impacta colheita

Publicado em 04/04/2019 11:21 e atualizado em 05/04/2019 10:09
1731 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quinta-feira (04) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quinta-feira (04) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

A frente fria avança com força sobre a região Sul do Brasil a partir desta quinta-feira (04). Durante o dia, todo o estado do Rio Grande do Sul tem alerta de tempestades com chuvas que podem chegar a até 100 milímetros no dia, ventos intensos e queda de granizo.

"Esta frente fria vem sendo anunciada desde o começo da semana e os meteorologistas mantém o alerta de chuva volumosa na Região. A frente fria avança pelo Sul do Brasil na sexta-feira (5) e nuvens muito pesadas se espalham", destacou a Climatempo.

"Chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 Km/h), e queda de granizo. Risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos", destacou o Inmet. O aviso de perigo vale para às 23h59 desta quinta-feira.

Veja o mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 5ª feira:

Mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 5ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Campanha, Encosta Do Sudeste, Serra Do Sudeste, Depressão Central, Encosta Inferior Do Nordeste, Encosta Superior Do Nordeste, Campos De Cima Da Serra, Planalto Médio, Missões, Alto Uruguai, Litoral Gaúcho

Os principais modelos de previsão do tempo apontam o retorno das chuvas ao Sul. O Cosmo do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) mostra precipitações menos volumosas, enquanto o GFS traz altos volumes para a região. Nos próximos dias, as chuvas avançam ao Brasil central.

Apesar de apresentar chuvas volumosas, a frente fria passa rápido sobre a região Sul do país, segundo apontam os modelos Cosmo e GFS. No final de semana, o sistema avança e chega em áreas mais centrais do país. No entanto, os volumes serão bem mais fracos porque a frente perde forças.

A consultoria ARC Mercosul (AgResource) destaca que as precipitações em áreas do Sul do país podem impactar os trabalhos de colheita da soja. No Paraná, segundo o Deral (Departamento de Economia Rural), a colheita chega a 89% e no Rio Grande do Sul estão em 32%, segundo a Emater/RS.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (05/04 a 07/04) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (05/04 a 07/04) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Veja o mapa de previsão de precipitação acumulada do GFS para os próximos 3 dias no Brasil:

Mapa de previsão de precipitação acumulada do GFS para os próximos 3 dias no Brasil - Fonte: COLA Mapa de previsão de precipitação acumulada do GFS para os próximos 3 dias no Brasil - Fonte: COLA Mapa de previsão de precipitação acumulada do GFS para os próximos 3 dias no Brasil - Fonte: COLA
Fonte: COLA

"Chuvas expressivas continuam a regar o Sul do Brasil, Paraguai e boa parte do Norte do Mato Grosso, Pará, Tocantins e Estados do Nordeste. A colheita no Rio Grande do Sul avança em ritmo acelerado, mas as chuvas vão continuar pressionando o ritmo de trabalho no Estado", disse a consultoria.

O mapa de precipitação acumulada do Inmet dos últimos três dias mostra que as chuvas no país estão bastante concentradas sobre o Centro-Norte do país, com destaque para áreas do Norte e Nordeste. No entanto, com a chegada dessa frente fria pelo Sul do Brasil esse cenário deve mudar.

"No dia 5, a gente pode ver no modelo chuvas intensas, com a frente fria praticamente organizada, passando por Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul... E os dois modelos mostram chuvas para a parte central do país, ainda que o Cosmo mostre volumes menores que o GFS", disse Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet.

Veja mais:
» Frente fria avança no final da semana sobre o Sul e chuvas retornam ao BR central; massa de ar frio derruba temperaturas

Na sequência da frente fria, segundo Mamedes, uma massa de ar frio é esperada para a região Sul, especialmente em áreas serranas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Centro-Sul do Paraná, já no final de semana e geadas não estão descartadas em algumas localidades.

Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 117 horas (04/04 a 08/04) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 117 horas (04/04 a 08/04) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Ainda nesta quinta-feira, segundo o Inmet, segue o alerta de chuvas intensas sobre a faixa Oeste de Mato Grosso do Sul. Na região de Chapadão do Sul (MS), produtores estavam preocupados com a falta de chuvas, mas agora esperam um melhor desenvolvimento da safrinha com o retorno das precipitações.

"O milho safrinha vinha se desenvolvendo normal com um período muito bom de chuvas em fevereiro e meados de março, mas agora deu uma cortada, faz uns sete dias que não chove e esperamos chuvas para essa semana que iria melhorar essa tendência de produção por hectare do milho", disse Lauri dal Bosco, presidente do Sindicato Rural de Chapadão do Sul/MS.

Veja mais:
» Após quebra de 8/10% na soja, Chapadão do Sul espera volta das chuvas para ter boa safrinha de milho

De acordo com o mapa de precipitação acumulada do Inmet, nos próximos sete dias, as chuvas mais volumosas seguirão concentradas sobre a faixa Centro-Norte do país. No entanto, o estado de Mato Grosso e também a maior parte da região Sul terão bons volumes no período.

Veja o mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil:

Mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 04 até 12 de abril, as chuvas mais volumosas caem sobre áreas da faixa Centro-Norte do país, mas as chuvas retornam em áreas centrais e do Sul.

De 12 até 20 de abril, as precipitações voltam a se concentrar mais sobre áreas do Centro-Norte do Brasil. Várias áreas do país voltam a passar por um período de tempo mais firme, dentre elas pontos do Matopiba e Nordeste, áreas do Centro-Norte, Sudeste e Sul do Brasil, onde caem baixos volumes.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 04 de abril até 20 de abril:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 04 de abril até 20 de abril - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Colheita em Roca Sales (RS). Envio de Leonardo Locatelli
Colheita em Roca Sales (RS). Envio de Leonardo Locatelli

Propriedade em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro
Propriedade em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro

Propriedade em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro
Propriedade em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro

Fazenda Giacomim em Vitorino (PR). Envio do técnico Jonatan Tayllel Soares
Fazenda Giacomim em Vitorino (PR). Envio do técnico Jonatan Tayllel Soares

Colheita de soja na Fazenda Caçula em Ibiacá (RS). Envio de Lourenço Scariot
Colheita de soja na Fazenda Caçula em Ibiacá (RS). Envio de Lourenço Scariot

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações a página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário