Suíno Vivo: Semana termina com valorização em SP, RS e MT e São Paulo registra vendas acima da referência

Publicado em 24/10/2014 16:26 e atualizado em 27/10/2014 17:27 57 exibições

Nesta sexta-feira (24), as cotações nas principais praças se mantiveram estáveis. Por outro lado, as bolsas de suínos de Santa Catarina e Minas Gerais definiram novos valores, que serão praticados até a próxima semana. Em SC a referência passou de R$ 4,60/kg para R$ 4,75/kg. Já em MG o reajuste passou de R$ 4,90/kg para R$ 5,20/kg.

Além das altas nas duas bolsas, São Paulo chegou a referência recorde para a arroba do suíno na última segunda-feira (20) e atingiu os R$ 100, o equivalente a R$ 5,33/kg. Segundo informações da Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), já foram realizadas vendas acima da atual referência, indicando que o mercado possui fôlego para novas altas. Em Brotas, São Sebastião da Grama e Holambra foram realizadas diversas vendas a R$ 101/@, um valor próximo a R$ 5,38/kg.

>> Confira a entrevista com Valdomiro Ferreira, presidente da APCS, sobre o mercado de suíno paulista

Mesmo com a aproximação do fim do mês, quando normalmente há uma queda no ritmo de compras, os preços praticados para o suíno vivo sofreram alterações positivas. Segundo levantamento realizado pelo Notícias Agrícolas, em São Paulo a valorização do decorrer da semana  foi de 5,13%, enquanto no Rio Grande do Sul foi de 1,73% e em Mato Grosso de 1,23%.

Parte do cenário se deve à redução da oferta, impulsionado pelo número de exportações, principalmente com destino à Rússia, após o embargo aos Estados Unidos e Canadá. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), houve uma valorização de 51,9% nos embarques em outubro, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Além disso, a valorização de carnes concorrentes tem levado a um aquecimento na demanda interna.

>> Confira entrevista com Ari Jarbas Sandi, da Embrapa Suínos e Aves, sobre queda nos custos de produção

Veja como ficaram os preços nas principais praças nesta sexta-feira (24):

Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
VER HISTÓRICOFechamento: 24/10/2014
Santa Catarina 4,60 0,00
Paraná 4,50 0,00
Rio Grande do Sul 4,70 0,00
São Paulo 5,33 0,00
Mato Grosso 4,10 0,00
Goias 4,50 0,00
Minas Gerais 4,90 0,00
BRF/SC* 3,40 0,00
Aurora/SC* 3,50 0,00
Pamplona/SC* 3,40 0,00
Tags:
Por:
Sandy Quintans // André Lopes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário