Publicidade

Safra 2012/13: Rio Grande do Sul mais uma vez na rota das intempéries climáticas

Publicado em 14/11/2012 17:39 954 exibições
O Rio Grande do Sul mais uma vez é alvo de problemas climáticos. Na safra de verão passada, o Estado passou por uma severa estiagem que dizimou as lavouras de soja e milho. No plantio de inverno, a geada e as chuvas no final do ciclo derrubaram a qualidade do trigo.

Agora, na temporada 12/13 novamente a falta de chuvas aflige o produtor. Em algumas regiões do estado semeadura acontece com atraso, enquanto em outras plantio segue parado sem as precipitações, é o caso de Lagoão, na região central rio-grandense onde a estiagem já chega há 24 dias. De acordo com o produtor rural, Rudinei Luís Erpen, em algumas localidades onde o plantio foi efetivado produtores terão de replantar a soja devido à falta de precipitações.

No Rio Grande do Sul, janela para semeadura da soja é menor, portanto plantio da soja ou replantio acontecerá fora do período ideal, comprometendo possibilidade de safra cheia em Lagoão.

Já no Mato Grosso, apesar da falta de chuvas do início da semeadura, plantio está praticamente concluído. Segundo o presidente do Sindicato Rural de Vera, Benício Boeing, após o período de seca a região tem excesso de chuvas na primeira quinzena deste mês, que atrapalham os tratos culturais nas lavouras.

Janela de plantio da safrinha está garantida no município. De acordo com Boeing produtores já negociaram insumos para segunda safra de milho, que não terá acréscimo em relação ao último plantio.

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário