Soja ameniza perdas em Chicago na tarde desta 3ª com altas de mais de 1% do óleo

Publicado em 18/01/2022 13:38 800 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado internacional da soja vem amenizando as baixas na Bolsa de Chicago. Depois de começar o dia com perdas de mais de 15 pontos nas principais posições, por volta de 13h (horário de Brasília), as baixas variavam de 2,25 a 3,25 pontos, levando o março a US$ 13,67 e o maio a US$ 13,77 por bushel. 

A soja ameniza as perdas diante da alta dos futuros do óleo, que subiam mais de 1% na CBOT, levando o primeiro contrato para 59,25 cents de dólar por libra-peso, com o derivado acompanhando as altas fortes do petróleo. A commodity marcou suas máximas em sete anos nesta terça-feira e ajudou a puxar o óleo de soja. 

Leia mais:

+ Petróleo em máxima de 7 anos tem potencial de alterar mix das usinas de cana na safra 2022/23

+ Petróleo atinge máximas de 7 anos nesta 3ª em meio temores de oferta apertada

A pressão sobre o grão, no entanto, ainda vem do clima ligeiramente melhor observado na Argentina, com chuvas chegando a importantes regiões produtoras do país. 

"As chuvas de ontem na Argentina foram muito boas cobrindo grande parte da província de Buenos Aires, centro de Santa Fe, norte de Córdoba e Entre Rios variando de 30 a 50 mm, nas outras regiões as chuvas foram de 5 a 10 mm. Essas chuvas, mais as projetadas para essa semana estão derrubando os preços na CBOT", explica o diretor do grupo Labhoro, Ginaldo Sousa.

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário