Produção de cana aumenta 12,5% em Mato Grosso

Publicado em 11/05/2011 08:09 194 exibições
A área cultivada com cana-de-açúcar, em Mato Grosso, está 12,50% maior em relação ao volume registrado no ano passado. Conforme dados coletados pelo primeiro levantamento da cultura e divulgado ontem pela Conab, a produção passa de 13,66 milhões toneladas para 15,36 milhões. A área cultivada também apresenta elevação, de 207,05 mil hectares no ano passado passando a 223,12 mil: avanço de 7,76%.

Ainda conforme o levantamento, das 15,36 milhões de t, apenas 3,14 milhões serão transformadas em açúcar – redução de 4,60% em relação ao ano passado – e o restante, 12,22 milhões, virarão etanol, incremento de 17,95% em relação ao volume de cana disponibilizado na temporada anterior.

A produção nacional de cana-de-açúcar a ser moída pela indústria sucroalcooleira na safra 2011/2012 deve chegar a 642 milhões de toneladas. O número é recorde nacional e representa um aumento de 2,9% na produção total, em relação ao ciclo 2010/2011. A cultura ocupa 8,44 milhões de hectares distribuídos em todos os estados produtores. Na maioria das usinas houve atraso no início das atividades, devido aos fatores climáticos do ano anterior, que prejudicaram o desenvolvimento dos canaviais.

O estado de São Paulo continua sendo o maior produtor com 52,8% (4.458,31 mil hectares), seguido por Minas Gerais com 8,77% (740,15 mil hectares), Goiás com 7,97% (673,38 mil hectares), Paraná com 7,33% (619,36 mil hectares), Mato Grosso do Sul com 5,69% (480,86 mil hectares), Alagoas com 5,34% (450,75 mil hectares) e Pernambuco com 3,84% (324,03 mil hectares).

A expansão da área plantada com cana-de-açúcar tem comportamento diferenciado em todo o país. O maior percentual de aumento está na região Sul, estado do Paraná, que teve um incremento de 122,54% em relação à safra anterior, mas em relação à extensão o maior aumento aconteceu na região Sudeste, que, embora com aumento de 28,11%, a expansão chega a 297,82 mil ha. Em segundo lugar fica a região Centro-oeste com aumento de 21,09%, ou seja, 195,31 mil ha. O menor incremento na expansão está na região Nordeste com expansão de apenas 12,89 mil ha.

Fonte:
Diário de Cuiabá

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário