O Brasil afunda com as inundações e o RS perde fortunas com a seca, mas Dilma e Tarso curtem o doce sol de mares paradisíacos

Publicado em 04/01/2012 23:38 e atualizado em 10/09/2013 17:41 1013 exibições
por Polibio Braga

Junto com a presidente Dilma Roussef na paradisíaca praia de Inema, da Base Naval de Aratu, Bahia, estão o ex-marido, Carlos Araújo, a filha Paula, a mãe, a tia e o neto, além do genro, Rafael Covolo. A área é fechada pelos militares, armados até os dentes. O mar é patrulhado. 

- Junto com Tarso Genro na paradisíaca praia de Varadero, em Cuba, estão a mulher, as filhas e os netos. A área é fechada aos cubanos exilados em Miami e os hotéis internacionais são fechados aos cubanos que vivem em Cuba. O mar é maravilhoso.

A presidente Dilma Roussef e o governador Tarso Genro não parecem particularmente preocupada com as chuvas intensas que colocaram 321 municípios do sudeste em estado de calamidade e e nem com a seca que já levou43 municípios gaúchos ao estado de calamidade Pública.

. Ambos resolveram descansar, porque depois de exatos 365 dias de trabalho estafante, entraram em férias, o que é incomum no caso de governantes que não são do PT. 

. No RS, nunca se ouviu falar em longas férias de governadores como Simon, Collares, Brito, Rigotto ou Yeda.

. A situação do RS parece tão despreocupante que o governador Tarso Genro, alheio à calamidade, foi para Cuba passear, levando junto toda a família, exatamente um ano depois de assumir (Tarso já tinha descansado em Madrid, no meio do ano). Seu substituto, Beto Grill, sem ter o que fazer, resolveu, ontem, posar para fotos com a equipe da EPTC, da prefeitura de Porto Alegre, diante da prefeitura, para comemorar queda no número de acidentes na cidade.  

. Dilma Roussef está de férias na Bahia desde antes do Natal. Ela não transmitiu o cargo para o vice, Michel Temer, que ficou doente e foi operado em São Paulo. Dilma Roussef, segundo o jornal Zero Hora desta quarta-feira, que informou que também 24 dos 38 ministros entraram em férias (numa empresa, jamais a diretoria em peso entraria em férias ao mesmo tempo), despacha através do seu tablet, um iPad.

Indústria gaúcha continua crescendo como o rabo do cavalo. Crise já preocupa.

Numa tabela que varia de 0 a 100, sendo que abaixo de 50 o cenário pode ser considerado ruim, todos os indicadores pesquisados em dezembro pela Fiergs, destinados à formação do seu índice da Pesquisa de Sondagem Industrial,  registraram valores abaixo do número crítico.

. A pesquisa apontou que a grande indústria gaúcha está otimista, mas as pequenas e médias ainda tem alguma esperança de melhora.

. Eis o que inibe a produção industrial gaúcha, que pelo oitavo mês do ano trabalhou abaixo da sua capacidade instalada, que é de 75,7% do total de 100%:

1) A crise internacional.

2) A baixa competitividade (culpa dos encargos governamentais)

3) Importações descontroladas.

- No ano passado, a indústria gaúcha empurrou o PIB para baixo, que ainda assim cresceu 5,7%, graças ao excelente desempenho da agricultura.  Ela trabalhou com menos 2,8%. Um péssimo resultado. Veja como cresceu o PIB do RS em 2011, por setores (entre parênteses, o peso de cada setor na formação do PIB):

- Agropecuária: 18,8% (9,4%)
- Serviços: 5,2% (61%)
- Produção industrial: 2,5% (29,6%).

Tags:
Fonte:
Blog Polibio Braga (RS)

0 comentário