DA REDAÇÃO – Café: Instalação de fábrica da Nestlé no Brasil divide a opinião de cafeicultores

Publicado em 21/08/2014 19:19 e atualizado em 22/08/2014 12:29 431 exibições
Importação de café: Instalação de nova fábrica da Nestlé no Brasil divide produtores e especialistas de mercado. Os cafeicultores não concordam com as importações de café que a fábrica pretende fazer, alegando que o investimento de 180 milhões é pequeno em relação ao risco da concorrência externa, já os especialistas acreditam que a marca deve agregar valor ao café brasileiro.

A instalação de uma nova fábrica de cafés especiais da Nestlé no Brasil divide a opinião dos cafeicultores, eles acreditam que o investimento que a empresa propõe fazer é pequeno em relação ao risco da concorrência, já os especialistas acreditam que a marca deve agregar valor ao café brasileiro.

A Nestlé propõe um investimento de 180 milhões de reais com geração de pelo menos 400 empregos diretos. No entanto, a viabilização do projeto depende de alguns fatores, entre eles, a autorização para importação de cafés especiais com objetivo de manter o chamado “padrão sensorial” do blend, o que desagrada alguns produtores.

O site Notícias Agrícolas teve acesso ao protocolo de intenções da Nestlé que explicita as contrapartidas da empresa para compensar o ingresso de variedades produzidas fora do Brasil, veja mais informações.

O analista do Escritório Carvalhaes, Eduardo Carvalhaes, é favorável à instalação da fábrica no País, mas defende restrições às importações e pede cautela. “Não dá para tomar uma decisão como essa em 15-20 dias, isso deve passar também pela mão dos cafeicultores que serão os maiores prejudicados caso a concorrência externa pressione o preço do mercado interno. Mas a ideia de agregar valor ao café brasileiro é apaixonante”, disse o consultor em entrevista ao programa Mercado & Cia, apresentado por João Batista Olivi..

O principal ganho para o setor produtivo no Brasil, segundo a Nestlé, seria a inclusão na embalagem dos produtos vendidos mundialmente, um selo ou frase indicando que “contém Cafés do Brasil” nas cápsulas e sacas. 

 Ainda segundo o analista, o Brasil tem condições pelo seu tamanho continental e altitudes e longitudes de produzir grande parte das variedades de café do mundo.

 

Por:
João Batista Olivi // Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário